Ir para o conteúdo

garantidora-de-condomínio

 

A inadimplência é uma das principais preocupações dos síndicos e das administradoras de condomínio. Pois, para que as necessidades dos condôminos e os serviços necessários continuem acontecendo normalmente, é importante que não ocorram atrasos ou faltas de pagamento. 

Sendo assim, a garantidora de condomínio vem para auxiliar e oferecer a cobrança garantida de condomínio. Ou seja, o trabalho dessa empresa assegura que a receita do condomínio seja mantida mesmo em caso de inadimplência 

Se você tem dúvidas sobre o tema ou quer aprofundar seus conhecimentos, continue a leitura e saiba quais são as atribuições da garantidora de condomínio. 

Afinal, o que é uma garantidora de condomínio? 

A garantidora de condomínio é uma empresa que tem a responsabilidade sobre a cobrança das taxas condominiais e do repasse do valor integral para a administração. Dessa maneira, mesmo que haja falta de cumprimento por parte e alguns moradores, o condomínio recebe normalmente a quantia do mês e, assim, não sofre desfalques. 

Esse serviço de cobrança garantida oferece várias vantagens, pois a gestão sabe o valor exato que entrará no caixa do condomínio, sem se preocupar com o descumprimento de pagamentos. A garantidora assume o papel de posteriormente realizar as devidas cobranças.  

Como funciona o serviço da garantidora? 

Ao ser contratada, a garantidora de condomínio tem o encargo de realizar a emissão e o envio dos boletos de taxas aos moradores. Além disso, fica sob sua responsabilidade transferir para o condomínio toda a receita prevista para aquele período.  

Em seguida, executa as cobranças de valores em atraso, com a multa e os juros correspondentes. Primeiramente os condôminos são notificados e, se não acontecer o pagamento, a garantidora negocia diretamente com eles, buscando chegar a um acordo de maneira amigável. No entanto, se houver necessidade, ela poderá recorrer à cobrança judicial.  

Quais são as suas principais atribuições? 

A garantidora de condomínio fica encarregada de exercer diversas funções para garantir mais tranquilidade ao síndico e à administradora. No entanto, muitas vezes, surgem dúvidas sobre quais seriam as suas reais atribuições. Veja, a seguir, quais são as obrigações dessa prestadora de serviços: 

  • emissão e envio dos boletos de taxas condominiais; 
  • repasse das taxas de forma integral e antecipada ao condomínio; 
  • controle de pagamentos e de inadimplências; 
  • envio de notificação aos moradores com taxas em atraso; 
  • cobrança dos valores em atraso de forma amigável; 
  • cobrança por via judicial quando necessário; 
  • prestação de contas e apresentação de relatórios. 

O serviço de uma garantidora tem várias etapas, que são executadas de forma a garantir maior segurança e organização financeira ao condomínio. O síndico consegue planejar os gastos para a realização das melhorias e serviços necessários de maneira antecipada, pois sabe o valor exato que entrará nos caixas em cada mês. 

Além disso, como a garantidora de condomínio fica responsável pela realização das cobranças, evita-se desgastes nas relações, custos extras ou perda de tempo com questões burocráticas. 

 Entendeu como funciona o serviço de uma garantidora de condomínio e como ele pode ser vantajoso? Acompanhe nosso Instagram e Facebook para não perder nenhuma novidade sobre temas como esse. 

Role para cima